Colar-Masculino-0

Como usar colar masculino? 6 dicas essenciais para usar o acessório no dia a dia

colar masculino é um dos acessórios mais consagrados da atualidade. Nada mais natural, afinal, ele tem o poder de incrementar um visual básico e realçar o seu estilo (seja ele qual for) de forma única. 

Quem usa colar pode valorizar o visual em várias composições, como a tradicional calça jeans e camisa branca, por exemplo, além de poder ser o diferencial em visuais mais incrementados.

Como Usar Masculino
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

 

Motivos não faltam para valorizar os colares masculinos e você começar a usa-los logo. Porém, você sabe saberia utilizar os colares no dia a dia de forma natural e combinando com seu estilo?

Esse post é justamente para isso 😉

História

Antigamente, os colares estavam ligados apenas à moda feminina, seja com opções de jóias ou bijouterias. 

Mas isso é quando já estamos falando de moda. Voltando ainda mais no tempo, os colares eram objetos importantes em diferentes culturas mundo afora, tanto para mulheres quanto para homens. 

Existem registros de colares desde as primeiras civilizações e acredita-se que esse acessório tenha sido inventado antes mesmo da escrita.

Os colares eram feitos de diferentes tipos de materiais, como sementes, pedras, dentes e até de animais. Ou seja, elementos da natureza.

Em algumas civilizações, inclusive, o colar servia como identificação do status sócio-cultural da pessoa, que ostentava ali os seus títulos e feitos. 

Com o passar do tempo e a valorização de alguns metais, como prata e ouro, a história foi mudando e a ideia de objeto de valor foi sendo incorporada aos colares. 

Uso de colares masculinos

Como Usar Masculino
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

Avançando algumas centenas de anos, como dito anteriormente, os colares como objeto de moda eram praticamente exclusivos às mulheres. A exceção, claro, ficava por colares de temas religiosos e familiares

Os crucifixos e escapulários, que continuam tendo milhões de adeptos mundo afora, sempre se fizeram presente entre os homens. A diferença é que antes era um acessório muito usado na parte de dentro das camisas, como se fosse um amuleto da sorte.

Ou seja, ainda não era algo ligado exatamente à moda. 

Aah.. claro, existiam aquelas correntes de prata (ou banhadas a prata) que faziam sucesso na pré-adolescência. Quem passou por essa fase sem uma corrente dessas, pode-se considerar um vitorioso. Mas isso também nem podemos considerar como moda. 

Dog Tag (ou chapa de identificação militar)

Como Usar Masculino
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

Além dos crucifixos e escapulários, outro tipo de colar se popularizou entre os homens há algumas décadas, e esse foi influenciado diretamente pelas guerras💣

As chapas de identificação militar, conhecida popularmente como Dog Tags, tornaram-se famosas principalmente após a Segunda Guerra Mundial, mas a ideia surgiu durante a Guerra Civil Norte-americana, entre os anos de 1861 e 1865, quando os soldados costuravam os nomes nos próprios uniformes.

A prática foi se aperfeiçoando até chegar as Dog Tags. 

Esse colar com duas chapinhas de metal foi criado principalmente para identificar os soldados mortos e feridos. Em caso de óbito, uma das plaquinhas fica no corpo do militar e a outra com o oficial superior. Em caso de ferimento, a plaquinha é utilizada para passar algumas informações sobre o soldado. 

Nas Dog Tags constam informações vitais sobre o combatente, como nome, patente, tipo sanguíneo e vacinas tomadas.

Na década de 90, a Dog Tag passou a ser uma peça de moda, influenciada principalmente pelos rappers norte-americanos. Esses, inclusive, são grandes responsáveis pelo uso de colares masculinos. 

No futuro, as Dog Tags serão vistas como peças históricas ou exclusivamente de moda, pois já existem pesquisas avançadas para criar identificações nos soldados através de microchips. Isso foi influenciado principalmente pelos roubos de algumas Dog Tags nas guerras do Iraque e Afeganistão, que acabaram sendo vendidas na internet. 

Hoje, não é tão comum ver esse acessório por aí, mas ainda existe alguns modelos que receberam novas versões, como na imagem abaixo.

Como Usar Masculino
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

Até poucos anos atrás, era até difícil achar colar masculino sem ser de cruz, escapulário ou Dog Tag. Eu mesmo só encontrava algumas poucas opções na Osklen.

Ou seja, se você não era religioso e nem curtia as Dog Tags, era bem difícil encontrar um colar masculino que te agradasse. 

Porém, essa história mudou🙏🏻, e opções não faltam hoje. Basta dar uma rápida “googlada” para confirmar isso. Os colares estão cada vez mais presentes no visual masculino e são ótimas opções para completar o visual com estilo e modernidade. 

São várias opções de diferentes tipos, tamanhos e gostos. Muitos pingentes diferentes refletem, inclusive, o estilo de vida das pessoas. Com tanta variedade, eu aposto que você vai encontrar um que combine perfeitamente com você.

Mas com tantas opções, tamanhos, cores e pingentes diferentes, pode ser mais difícil do que se imagina escolher o modelo certo.

Por isso reunimos 6 dicas infalíveis para você aprender a como usar colar masculino. Confira!

1. Equilíbrio é a palavra-chave para o colar masculino

Como Usar Masculino
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

Ao comprar novos colares ou mesmo escolher entre os que você já tem, é preciso decidir se o modelo não é longo demais ou se possui muitos pingentes. 

O colar masculino é uma ótima opção para incrementar, mas quando não é pensado de maneira estratégica pode acabar deixando seu visual sobrecarregado, além de brigar com as demais peças que você esteja usando. 

Como Usar Masculino
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

Outro ponto importante para obter o equilíbrio é dosar a quantidade de acessórios. É legal usar mais de um colar, brincando com tamanhos e estilos diferentes, mostrando sua criatividade, mas cuidado para não errar a mão.

Lembre-se: as mulheres ficam bem com muitos acessórios, pois elas já estão mais acostumadas a isso. Elas passam a vida inteira combinando brinco, colar, pulseira, bolsa, etc. Nós, homens, não

Evite colocar de maneira aleatória todos os acessórios que encontrar pela frente em seu guarda-roupa, como bonépulseiras, anéis ou óculos de sol. Muitas vezes, menos é mais!

Todos esses acessórios, dependendo, podem até combinar, mas evite colocar tudo de maneira apressada antes de sair de casa. Dê uma estudada em você com as opções que você escolheu. 

 


2. Adapte o colar masculino ao seu visual

Antes de escolher o colar, pense sobre qual combina melhor com o seu visual naquele momento. A sintonia é indispensável.

Por exemplo, se você estiver com um visual mais praieiro, opte por cordas de couro finas com pingentes que tenham uma inspiração marítima, como a âncora ou o leme.

Inspirações marítimas, inclusive, estão bastante na moda.  O colar de âncora (como na imagem acima) está bombando. Isso se justifica pelo estilo e pelo significado. A âncora representa firmeza, resistência e segurança. 

Se o seu visual for mais despojado e casual, você pode usar colares grandes com pingentes mais sofisticados e com mais detalhes. 

Se você faz a linha mais social e com muitas camadas, não arrisque: use um modelo mais simples. 

3. Evite sobrecarregar o visual

Como Usar Masculino
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

Na hora de escolher qual colar você vai usar, tenha sempre em mente a harmonia do visual.

Os acessórios são itens indispensáveis para realçar as roupas escolhidas, evidenciar partes do corpo e demonstrar seu estilo e personalidade, mas o excesso deles tem efeito contrário.

Não caia no erro de vestir boné, relógio, pulseiras e tudo o que você vê pela frente ao mesmo tempo. Pense de maneira estratégica em como integrar o colar masculino ao visual sem sobrecarregá-lo, e na imagem que você deseja passar para as pessoas ao seu redor. Equilíbrio é essencial!

4. Adapte o colar masculino ao seu estilo de vida

Hoje, existem diversas opções de colares masculinos no mercado. Então, provavelmente você vai encontrar um que você ache a sua cara.

Os pingentes dos colares estão refletindo os gostos e modo de vida de muita gente. 

Por exemplo, quem é surfista, existe colar com uma prancha. Para quem é apaixonado por música, existem modelos com fones de ouvido e microfones. Para quem gosta de luta, existem modelos com luvas de boxe, como na imagem acima.

Portanto, que tal pesquisar um colar que seja a sua cara?

Pense no que você gosta de fazer e no seu estilo de vida e comece a procurar um pingente que seja o símbolo de algo que o represente. 

5. Combine seus colares com as camisetas

Lembra da primeira dica sobre equilíbrio? Ela continua aqui.

Comece separando suas camisetas. De um lado as básicas, e de outro as estampadas.

Analise-as para aprender a usar o colar como um acessório de destaque no caso das camisetas simples, ou então como um complemento do visual, no caso daquelas com estampas.

Com camisas e camisetas básicas, use um colar que vai chamar a atenção e seja uma peça-chave e o diferencial do visual. Você pode contrastar os itens ou usar vários colares ao mesmo tempo.

Evite contrastar colares com peças estampadas para não acumular muita informação.

Como Usar Masculino
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

Ao vestir camisetas estampadas, crie uma escala de destaque no visual, deixando o colar como um complemento. É importante que o pingente converse com as imagens, desenhos ou formas geométricas de forma natural. O mesmo vale para composições em camadas.

Usar colares masculinos com camisas brancas são praticamente apostas certas. Não tem muito como errar nessa composição e isso vai dar um belo destaque a um visual simples e que todo homem usa: a famosa combinação calça jeans e camisa branca

Mesmo assim, isso não quer dizer que os colares só ficam bons com camisas de uma cor. Muito pelo contrário. Porém, camisas estampadas requerem um pouco mais de cuidado para combinar com o colar. 

6. Leve em conta o tamanho do pescoço

Como Usar Masculino
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

É comum que muitos homens comprem um acessório porque ele é descolado e interessante, sem saber se aquela peça é realmente adequada ao seu estilo. Isso acontece porque desconhecem uma regra simples envolvendo o pescoço masculino.

Funciona da seguinte maneira: se você tem o pescoço mais largo, deve evitar usar modelos que sejam grossos ou tenham o comprimento muito curto, pois isso evidencia ainda mais a região.

Já quem tem o pescoço mais fino vai partir para o oposto, ou seja, criar volume nessa área com itens mais compridos e grossos.

Conclusão sobre como usar colar masculino

O colar masculino vai te dar um charme extra. Por isso, não tenha medo de mostrar sua criatividade. Use modelos de tamanhos e estilos diferentes, além de peças com pingentes exclusivos.

E aí, gostou do post? Não se esqueça de contar pra gente nos comentários o que você achou e se você tem alguma outra dúvida sobre como usar o colar ou outros acessórios! Estamos curiosos para saber!

 
 

Share This